CHAPA 01-PR

Candidatos:

JEFERSON DANTAS NAVOLAR (Titular) e MILTON CARLOS ZANELATTO GONÇALVES (suplente)
RONALDO DUSCHENES (Titular) e ANTONIO WEINHARDT JUNIOR (suplente)
IRA JOSE TABORDA DUDEQUE (Titular) e JONNY MAGALHÃES STICA (suplente)
NESTOR DALMINA (Titular) e MIKA YADA NOGUCHI (suplente)
GIOVANNI GUILLERMO MEDEIROS (Titular) e ORMY LEOCÁDIO HUTNER JÚNIOR (suplente)
CRISTIANE BICALHO DE LACERDA (Titular) e FREDERICO RUPPRECHT SILVA BOMPEIXE CARSTENS (suplente)
JOÃO VIRMOND SUPLICY NETO (Titular) e CLAUDIO LUIZ BRAVIM DA SILVA (suplente)
ALESSANDRO FILLA ROSANELI (Titular) e ALEXANDER FABBRI HULSMEYER (suplente)
JEFERSON HERNANDES CARDOSO PEREIRA (Titular) e RAFAEL ZAMUNER (suplente)
LUIZ EDUARDO BINI GOMES DA SILVA (Titular) e DIORGENES FERREIRA DITRICH (suplente)
THAIS CLEMENTINA MARZURKIEWICZ (Titular) e MARIA FRANCISCA SOTTOMAIOR CURY (suplente)
WILLIAM MEGUMU NISHII (Titular) e MANOEL DE OLIVEIRA FILHO (suplente)
TABATA CRISTIANE SIMÕES DOS SANTOS (Titular) e MARGARETH DE ALMEIDA PONGELUPE (suplente)
David Sergio Salvador Herrig (Titular) e CAROLINE SALGUEIRO DA PURIFICAÇÃO MARQUES FENATO (suplente)
JOSE LUIZ FARACO (Titular) e Ertal de Vasconcelos Oliveira Júnior (suplente)
VANDERSON DE SOUZA AZEVEDO (Titular) e MARCO AURÉLIO MORO (suplente)
SUÉLEN CRISTINA MAINO (Titular) e ANA LUCIA PONTES DE SOUZA CIFFONI (suplente)

Obs. Veja a síntese de currículos de cada candidato após o plano de trabalho.

Plano de trabalho:

CHAPA 1 O ARQUITETO E URBANISTA Reconhecimento e valorização do Arquiteto e Urbanista como o principal ator na construção espacial da sociedade, o profissional que propõe e projeta desde o ambiente individual até a grande metrópole, onde se constrói e onde não!!! O VALOR DO PROJETO Valorização do Projeto de Arquitetura como objetivo central da prática profissional Apoio ao preço justo do projeto (desenvolvimento de Tabela com sistema simplificado de avaliação de custo de projeto) O PROJETO COMPLETO Valorização de defesa do projeto completo como instrumento de qualificação e transparência na construção das obras e espaços públicos e, por consequencia, combate à promiscuidade entre interesses públicos e privados Não ao uso indiscriminado do RDC, Regime de Contratação Diferenciada ATRIBUIÇÕES PRIVATIVAS DO ARQUITETO E URBANISTA Campanha permanente em defesa das atribuições privativas do AU contidas na lei 12.378/10 Defender nossas atribuições no Conselho de Harmonização CONFEA/CAU Dar combate permanente ao exercício ilegal da profissão MANUAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE AU Implementar à utilização CONCURSOS DE ARQUITETURA Valorização e defesa dos concursos de projetos como instrumento de abertura aos arquitetos e urbanistas de oportunidades de desenvolvimento e qualificação das obras e espaços públicos e privados O ENSINO DA ARQUITETURA E DO URBANISMO Estímulo ao debate sobre as diretrizes curriculares, sua modernização na formação do AU, face desenvolvimento social e tecnológico global e local Combate ao ensino 100% à distancia como empobrecedor da qualidade da formação AS ENTIDADES RELACIONADAS AOS ARQUITETOS E URBANISTAS Valorização permanente das entidades em relação às atribuições que lhes competem em benefício da AU e dos associados que representam A NOVA AGENDA URBANA Valorização do projeto de arquitetura como instrumento de construção da cidade Debate e conciliação entre interesses diversos e o direito à cidade para todos, com práticas inclusivas e estimulantes da cidadania, integração social e construção do espaço urbano Debate sobre a tendência à implantação de cidades inteligentes, mobilidade sem automóvel, mobilidade sem petróleo Debate sobre o direito às cidades com poluição zero, atendendo aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, com redução maciça da emissão de gases poluentes, seguindo o Acordo de Paris assinado pelo BR Contínuo debate sobre sustentabilidade na AU Utilização do Observatório PR Urbano como instrumento de capacitação dos municípios do PR para a implantação da Nova Agenda Urbana ECONOMIA CRIATIVA Reconhecimento de ser a Arquitetura, além da técnica de projetar e construir, parte importante dos movimentos Culturais da sociedade e criadora de valor humano que vai muito além do simples custo LEI DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA Aprofundamento das iniciativas com vistas à democratização da prática da AU, em especial para as comunidades com menor poder aquisitivo, através da implementação da Lei de Assistência Técnica JURISPRUDÊNCIA Organizar, sistematizar, e publicar os pareceres jurídicos firmados nos processos jurídicos transitados em julgado no CAU BR, elaborados pelas Assessorias Jurídicas dos CAU UF CÓDIGO DE ÉTICA Participação no debate nacional sobre a aplicação e aprimoramento do Código de Ética do CAU BR CÂMARAS TÉCNICAS Fortalecimento do processo de participação dos Agentes Eleitos de Câmaras Técnicas no desenvolvimento dos eixos temáticos dos arquitetos e urbanistas LEGISLAÇÃO Estabelecer Pauta Legislativa pertinente ao avanço da AU para ações isoladas ou em conjunto com outras entidades perante às Câmaras Municipais, Assembléia Legislativa e Judiciário SETOR PÚBLICO Fortalecimento do processo de implantação do OBSERVATÓRIO PR URBANO em todas as Regionais do CAU PR visando à atuação dos AU em todos os Municípios do PR Assinaturas de termos de Cooperação com entidades representativas da sociedade para incremento e divulgação do projeto OBSERVATÓRIO PR URBANO Organização e implementação do Fórum de AU Públicos convocando a participação os AU funcionários de órgãos públicos, em especial os das Prefeituras Municipais Fiscalização dos Editais de Concurso para cargos públicos Campanha permanente pelo exercício dos cargos públicos pertinentes à arquitetura e urbanismo por AU Incentivo à implantação, por parte dos Municípios, da Lei de Auto vistoria INSTITUCIONAL Fortalecimento do Fórum de Coordenadores das Instituições de Ensino Instituir Fórum de Estudantes de AU Semana da AU- consolidação com caráter de Conferência Consultiva a ser organizado em conjunto com as Entidades Implantação e fortalecimento do CEAU. INTERNO AO CAU Implantação do Plano de Avaliação e Progressão para os Colaboradores, e estímulo permanente ao aperfeiçoamento Gestão informatizada para as Comissões Internas Obrigatórias e Temporárias Aprimoramento do Portal de Transparência junto à Ouvidoria. SEDE PRÓPRIA LANÇAMENTO de CONCURSO PÚBLICO NACIONAL DE ARQUITETURA para o IMÓVEL SEDE DO CAU/PR.

Candidatos a conselheiro federal e suplente:

JEFERSON DANTAS NAVOLAR ( TITULAR )

Currículo : Graduado pela Universidade Federal do Paraná (1983), Especialista em Patrimônio Edificado pela UFBA (1984) e Mestre pela Universidade Federal da Bahia (2004) em Preservação do Patrimônio Edificado. Ex-presidente do IAB-PR gestões 2008-09 e 2010-11. Conselheiro e Presidente do CAU/PR gestões 2012- 2014 e 2015-2017.

MILTON CARLOS ZANELATTO GONÇALVES ( SUPLENTE )